A Invicta Porto Dicas Hoje é dia de Portugal Zona de Embarque

Recebendo correspondência pelo CTT

Quando eu estava chegando no Porto, já bateram aqueles questionamentos sobre a sobrevivência básica e INDISPENSÁVEL como Netflix e Aliexpress, por exemplo. Busquei informação em todos os lugares e pouquíssima gente (na verdade não achei ninguém #ForeverAlone) sabia informar sobre “o que acontece se a correspondência chega e eu não estou em casa?”, aí algum colega dizia, só para piorar, “porque eu comprei tal coisa e foi parar no depósito, aí quando fui buscar foi um sacrifício para conseguir de volta”. Enfim, meus amigos, nós traremos a verdade e nossa vivência, como temos feito até agora.

Poxa, não tem nada melhor quando você vem para a Europa e descobre que o seu atual país de residência não tem tantos empecilhos burocráticos quanto o anterior e você pode sim ter acesso às mercadorias ching-lings que tanto acalmam e acalentam o seu coração, né?

Não estava em casa quando o carteiro passou, e agora?

Verifique a sua caixinha de correio, pois nela deve ter um papel contendo as informações do seu objeto e solicitando que você o retire na agência do CTT mais perto da sua casa. Você tem que estar com esse papel em mãos e um documento de identificação (que pode ser o passaporte).

Meu produto ficou preso na Alfândega, como resolvo essa situação?

Você vai receber em casa o aviso de que o seu produto está com algum impedimento de saída da alfândega. Seja ele por não confirmação de objeto, por cobrança de alguma taxa extra ou necessariamente ter que passar por esse processo. No documento enviado pelo CTT você tem o passo-a-passo de como proceder para a retirada do seu produto da alfândega. Em caso de dúvidas, o próprio documento indica meios (internet, e-mail, telefone ou fax) para solucioná-las.

E ao contrário, como envio de forma geral as coisas pelo correio?

É muito simples. Basta ir a uma agência do CTT (veja aqui a mais próxima de você) com o seu objeto/documento/carta, pegar a senha e solicitar o envio. Se você já tiver o envelope em casa, tenha muita atenção para o preenchimento correto. Aqui na Europa o preenchimento é diferente do Brasil. Na parte de trás do envelope, colocam-se todos os dados. Primeiro o remetente e, ao lado, o destinatário. O mesmo vale para uma caixa ou embrulho.

Normalmente, os documentos todos (inclusive as cartas) são pesados para verificação do preço de envio. Para caixas de até 1kg e com envio não registrado você paga 7€. Se preferir que seu objeto seja registrado, você paga 20€. O CTT tem diversos tamanhos de caixa para se adequar a sua necessidade. Ah! Detalhe: normalmente o envio daqui para o Brasil demora, em média, 15 dias (o mesmo período para percorrer o caminho inverso).

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!