A Invicta Porto Burocracia Hoje é dia de Legislação Portugal Zona de Embarque

Como tirar o NIF em 5 passos

nif

Assim que chegamos em Portugal existem alguns pequenos passos legais que precisamos fazer. A lista só vai aumentando mas não se assuste, aqui no blog já temos o passo-a-passo para diversas destas burocracias. Esse post vai te explicar direitinho como fazer o seu NIF.

O que é o NIF?

O NIF (Número de Identificação Fiscal) é praticamente obrigatório para quem vai ficar algum tempo aqui. Precisamos dele basicamente para tudo o que for burocrático (banco, saúde, SEF…). Ele é como o nosso CPF no Brasil. Em geral é rápido para solicitar e sai na hora.

Onde devo ir para solicitar o meu NIF?

Existem vários postos das finanças espalhados pela cidade. Você pode optar em ir ao mais próximo da sua residência ou em um posto específico que já está acostumado a emitir o NIF para os estudantes.

Endereços das Secretarias de Finanças no Porto:

  • Rua dos Bragas, 190 / 22 206 1310 –  fica em frente a FDUP (Faculdade de Direito)
  • R. de Pinto Bessa, 606 /22 519 4731
  • Rua de Damião de Góis, 320
  • R. de Gonçalo Sampaio, 291 /22 607 3610

irs

Este posto que já está acostumado com os estudantes, foi indicação do próprio funcionário do CNAIM e é a nossa primeira indicação: a unidade da Rua dos Bragas. Esta acima é a Secretaria de Finanças em que a Camila fez o seu NIF seguindo indicação do CNAIM e tudo correu sem problemas. Abaixo, a localização:

Qual documentação preciso levar?

  • Passaporte;
  • Comprovante de endereço (clique aqui e aqui se você não souber como conseguir seu comprovante de endereço, caso não tenha contrato em seu nome);
  • Comprovativo de matrícula ou carta de aceite da universidade.

OBS: Sobre o Comprovante de endereço, existem alguns Serviços de Finanças que pedem um representante fiscal.

“O que diabéisso, Camila?” – Nada mais é do que um português que afirme, por documento (contrato feito por você, feito por ele ou pela imobiliária) que comprove que você more aqui e que, mediante o NIF DESTA PESSOA PORTUGUESA, ela se “responsabilize” por você.

“O que isso significa?” – Talvez a pessoa que você pedir pode encrencar um pouco com isso, mas não tem problema nenhum. Fale para a pessoa, caso ela não saiba, que isso é uma medida meramente burocrática e que não vai acarretar nenhum ônus para ela. Caso você ainda tenha dúvidas sobre isso (e isso seja solicitado pela pessoa que te atendeu), pergunte todas as informações possíveis e que te vierem a cabeça. Confirme tudo e saia de lá mais leve. Mas assim, cada vez menos e menos eles pedem esse representante fiscal. Às vezes, por exemplo, basta você ir de um Serviço de Finanças que te pediu isso para outra unidade e nesta outra já não te pedirão. Sim, é mesmo desse jeito. Como recentemente uma leitora nos relatou isso e não tinha no post, fica a dica! 😉

Quanto custa?

O NIF tem um custo de 10,20€ e ele é um papel assim (abaixo), no qual o que importa é o número gerado ali no primeiro item:

nif001-marca nif002-marca

nif003-marca

Depois de entregar toda a documentação e efetuar o pagamento dos 10,20€, você recebe um papel com o recibo de pagamento e outro como este acima.

Pronto! Agora você já tem um NIF!

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!