Curiosidades De Amsterdam a A'dam Dicas Hoje é dia de Holanda Notícia Zona de Embarque

Sinterklaas: São Nicolau não é o Papai Noel nos Países Baixos

sint-and-piet-559519_1920

Olha, lá vem ele de barba branca, cheio de ajudantes; olha como ele é simpático! HO HO HO… ops! Esse não é o Papai Noel, velhinho de feição doce e muito amado pelas crianças (algumas têm medo mesmo). Aqui nos Países Baixos, na Bélgica, Luxemburgo, Norte da França e em algumas cidade da Alemanha a tradição está ligada há um outro bom velhinho, o Sinterklaas (cintaclaas – como se fala). Vem conosco conhecer essa história!

Quem é São Nicolau (Sinterklaas)?

SinterklaasSão Nicolau tinha afinidade com as crianças e era conhecido por sua bondade e bons fazeres. É o santo padroeiro dos mercadores, das crianças e dos marinheiros. Vamos entender um pouquinho da história dele, para compreender melhor como ele é visto hoje. Foi um Bispo de Mira, atual Turquia, nasceu na Ásia Menor, cerca de 270 – século III. Foi conhecido por sua dedicação e sincera bondade que o levaram a fazer milagres, tanto em vida como após a morte. O culto a ele é baseado na sua incansável bondade e generosidade, sobretudo com as crianças, resultando em diferentes lendas folclóricas. Nos dias de hoje os marinheiros da Holanda costumam evocar a proteção de São Nicolau quando partem em viagem:
“Que Sinterklaas manobre o leme!”

Diz a lenda que o pai de Nicolau era muito rico e deixou para o filho uma fortuna boa. O futuro santo, que sempre fora generoso, soube que um vizinho estava com muitas dificuldades para dar um casamento digno a sua filha. Foi então que a noite, Nicolau, escondido, encheu uma pequena bolsa de moedas de ouro e a jogou pela chaminé do vizinho. Essa atitude possibilitou a festa de casamento. Tempos mais tarde ele repetiu o feito com a segunda filha do vizinho. Na terceira vez, o pai das meninas ficou escondido e descobriu Nicolau espalhando o dinheiro aos pobres e principalmente às crianças. Durante muito tempo, tornou-se costume os pais presentearem seus filhos no dia de São Nicolau. As crianças entendiam que os presentes vinham do céu enviados por Sinterklaas.

Como é a tradição nos Países Baixos?

Bom, os festejos pelo Sinterklaas começam em novembro. Reza a lenda que Sinterklaas vem em um barco a vapor da Espanha. Atualmente, ele desembarca no Porto de Rotterdam e vai fazendo um passeio por todas as cidades. Esse passeio é feito em cima do seu cavalo branco, com seus ajudantes, os Zwarte Pieten (Pedros Pretos) e um saco de doces.  As cidades recebem a passagem de Sinterklaas com festa, é o momento da celebração de entrega de doces. As crianças ficam eufóricas!

20161113_1440021

As crianças que se comportam ganham doces dos Zwarte Pieten e as que não se comportam ganham uma pedra de carvão (?) ou uma “ameaça” de irem dentro do saco para a Espanha (?), pois Sinterklaas tem em um livro o nome das crianças que não se comportaram durante o ano (ai que ruim ir para a Espanha, não é meeeesmo :P). Mas fiquem tranquilos, não se escutam casos de crianças que não recebem seus docinhos, isso seria muita maldade e Sinterklaas não é mau! Os festejos duram até o dia 5 de dezembro, data em que o Sinterklaas vai embora passando nas casas e deixando os tradicionais presentes.

sinterklaas

A noite de 5 de dezembro!

O dia 5 de dezembro é a noite em que os tradicionais presentes são entregues. As famílias se reúnem com suas crianças, cantam músicas e festejam com muitos doces. Criança aqui nos Países Baixos tem um lugar bem cativo. As crianças deixam suas meias natalinas/sapatos à beira das portas/lareiras com uma cenourinha ou um pouco de feno, para o cavalinho do velhinho. Na manhã seguinte, ao invés da cenourinha, eles encontram presentes…sinal de que o Sinterklaas passou por ali. Seu ajudante o Zwarte Piet (Pedro Preto) é quem faz todo o trabalho de entrar pela chaminé e recolher as cenouras e fenos e deixar os presentes, dizem que é por isso que ele é preto, pela sujeira da fuligem, pois trabalhava limpando as chaminés. Os adultos não tem vez com presentes, mas ganham poeminhas, alguns até fazem trocas de presentes como se fosse um amigo secreto…

Sinterklaas não é o Papai Noel!

santa-claus-sinterklaas

Apesar do nome parecer muito com Santa Claus, eles não são a mesma figura. O Sinterklaas não precisa ser barrigudinho e não vem do Pólo Norte. Essa figura nasceu MUITO tempo antes da figura do Santa Claus que, diga-se de passagem, traz muitas incertezas sob sua criação. Algumas fontes atribuem inclusive que sua criação foi inspirada na figura do Sinterklaas. Outra coisa que difere bastante é a data em que eles aparecem: o Sinterklaas aparece no meio do mês de novembro e retorna para sua casa dia 5 de dezembro, diferente da figura do Papai Noel (Santa Claus) que chega na noite do dia 24 para 25 de dezembro.

O importante de tudo isso é ver e entender que essa tradição aqui é muito valorizada. As famílias realmente dão grande importância para essa época e levam muito a sério a preparação de tudo para as crianças. É muito bonito ver como os pais se esforçam para que seus filhos se juntem com seus amiguinhos para poder brincar, cantar e partilharem seus docinhos.

Assiste um trechinho da passagem do Sinterklaas aqui por A’dam!

Isto foi o fim, mas dá pra ter uma ideia 🙂

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!