Curiosidades De Amsterdam a A'dam Dicas Hoje é dia de Holanda Viagens Zona de Embarque

Como funciona o transporte público em Amsterdam?

capa-transporte-amsterdam

Tem coisas que vieram para facilitar a vida, não é mesmo? O transporte público na Holanda é uma delas. Sabia que com um mesmo cartão você pode transitar em todo o país? Pois é! O cartão OV-Chipkaart permite isso e aqui em Amsterdam não é diferente. Sendo turista ou morando por aqui, você tem algumas boas opções para escolher o tipo de cartão OV-Chipkaart mais adequado às suas necessidades. Por isso fizemos uma lista dos cartões e das facilidades de cada um para poder ajudar a entender um pouco melhor como funciona o transporte público em Amsterdam.

Ah! Um detalhe importantíssimo: todas as informações contidas nesse post são do ano de 2017, ou seja tá tudo ATUALIZADO 😉

cartao-descartavel

OV-Chipkaart descartável

Como o próprio nome diz, é um cartão de papel para ser usado apenas uma vez (descartável). Você efetua a compra dele para 1 translado que tem validade de 1h. Não é tão vantajoso, porque é caro mas se você não tem outra opção e precisa usar, ok!

» Onde eu compro: Nos trams com o cobrador(a), no ônibus e máquina do metrô nas lojas GVB Ticket e Info, tabacarias e lojas de conveniência.

» Custo: 2,90€

» Forma de pagamento do seu OV-Chipkaart: Nos trams a forma de pagamento ainda pode ser feita com dinheiro. ATENÇÃO: A partir do dia 26 de março de 2017 a forma de pagamento nos ônibus será feita apenas com cartão de débito holandês ou cartão de crédito com bandeira Maestro. Se você preferir efetuar a compra com dinheiro, pode fazer nos pontos indicados acima.

 

gvb-dagkaartwaaierOV-Chipkaart 24h, 48h, 72h, 96h, 120h, 144h e 168h

Ele tem a mesma carinha que o OV-Chipkaart descartável (também é de papel e não é recarregável), mas tem um limite maior de horas para usar. Pode ser usado em ônibus, trams e metrô. Ele passa a valer a partir do primeiro check in e valerá até o último dia no mesmo horário do check in. Dentro desse período você pode usá-lo quantas vezes quiser e sentir necessidade. Vale a pena estudar os pontos que você quer ir de transporte público. Amsterdam é relativamente pequena e na maioria das vezes, faz-se tudo a pé ou de bicicleta. Claro, quando os dias estão chuvosos e você quiser evitar se molhar pode comprar o passe. O melhor é ter ideia de quantas vezes vai precisar usar o transporte para acertar no tipo de cartão. Vale lembrar que ele não pode ser usado para ir para ou sair do Aeroporto Internacional Schiphol.

» Onde eu compro: Para os passes de até 48h você pode comprar direto nos trams junto ao cobrador (a). Você também pode comprar no ônibus, na estação de metrô, nas lojas GVB, pontos de atendimento ao turista e Centraal Station.

» Custo:  24h (7.50€), 48h (12.50€), 72h (17€), 96h (22€), 120h (27€), 144h (31€), 168h (34€)

» Forma de pagamento do seu OV-Chipkaart: Nos trams somente com dinheiro. ATENÇÃO: A partir do dia 26 de março de 2017 as compras efetuadas no ônibus serão apenas com cartão de débito holandês ou cartão de crédito com bandeira Maestro. Nos pontos de vendas a compra ainda pode ser feita com dinheiro, cartão de débito holandês ou cartão de crédito internacional.

amsterdam- travel- ticket Amterdam Travel Ticket

Se você está planejando visitar Amsterdam por 1, 2 ou 3 dias saiba que já pode comprar direto no Aeroporto Internacional Schiphol seus bilhetes de transporte para andar no centro de Amsterdam. A melhor opção neste caso é o Amsterdam Travel Ticket. O bilhete é individual e é um combo de transportes por um determinado número de horas. Para sair de Schiphol (falamos sobre isso no post sobre como sair do aeroporto Schiphol para o centro de Amsterdam) através do trem, o passe normalmente é comprado avulso, pois a empresa de trem é a NS. Para ajudar na escolha do ticket, foi criado o combo Amsterdam Travel Ticket. Ele oferece um bilhete de Trem na 2ª classe (sem limites de ida e volta de qualquer estação para Schiphol e vice-versa), ônibus shuttle 197 da Conexxion (ida e volta), ônibus N97 (ida e volta) e viagens ilimitadas dentro de Amsterdam em todos os transportes públicos executados pela empresa de transporte GVB.

ATENÇÃO: O bilhete não é válido em ônibus operados por outras empresas de transporte como a Connexxion (exceto o ônibus 197 e ônibus N97), EBS e Arriva. O Amsterdam Travel Ticket vale a partir do primeiro Check in até 4 horas depois do último dia válido.

» Onde eu compro: No centro de atendimento da NS Tickets e Services no aeroporto, livrarias AKO, no Holland Tourist Information (também no aeroporto), nas máquinas da GVB e em alguns hotéis.

» Custo: 24h (16€), 48h (21€) e 78h (26€), crianças menores de 4 anos tem viagens gratuitas.

» Forma de pagamento do seu OV-Chipkaart: Dinheiro, cartão de crédito internacional ou cartão de débito holandês.

amsterdam-region-travel-ticketAmsterdam & Region Travel Ticket

Se você optar em ter um cartão um pouco mais completo mas para um máximo de 3 dias, o Amsterdam & Region Travel Ticket é a melhor escolha. Isso porque você pode extrapolar a visitação do centro de Amsterdam e usar o trem para visitar alguns bairros mais afastados do centro da cidade (clica aqui para dar uma olhada no mapa de alcance do cartão), além de ter uma cobertura maior nas linhas de ônibus. Os bilhetes estão disponíveis para 1, 2 e 3 dias, sendo que o começo da validação se dá as 00:00 de um dia e termina as 4:00 do dia seguinte. O sistema de validação segue igual aos demais cartões, você precisa fazer o check-in e o check-out sempre. Seu ingresso é ativado a partir do primeiro check-in.

ATENÇÃO: Os ingressos são válidos em todas as linhas de metrô, tram e ônibus operadas pela GVB, Connexxion e EBS, incluindo ônibus noturnos. Os bilhetes também são válidos nos trens NS na área de Amsterdam. E na primavera você pode utilizar o seu cartão para ir do Schiphol  até o Keukenhof (bus Arriva 858).

» Onde eu compro: Você pode comprar no I amsterdam Visitor Centres, nas lojas da GVB Tickets & Info (Centraal Station, Bijlmer ArenA Station, Lelylaan Station & Zuid Station), nas lojas da EBS Tickets & Info (Centraal Station, Purmerend Tramplein, Edam bus station) e nas lojas da Connexxion Tickets & Info (Amsterdam Airport Schiphol)

» Custo: 1 dia (18,50€), 2 dias (26€) e 3 dias (33,50€)

» Forma de pagamento do seu Amsterdam & Region Travel Ticket: Dinheiro, cartão de crédito internacional ou cartão de débito holandês.

OV-Chipkaart-anonimoOV-Chipkaart anônimo

É um cartão com validade de 5 anos e que você pode recarregar na hora que quiser. Feito de pvc, é uma ótima opção para quem vai ficar mais do que 7 dias em solo holandês e tem a certeza (e vontade) de voltar para cá nos próximos 5 anos. Quer saber por que? Bem, é só fazer as contas do custo-benefício. Um cartão de 7 dias (168h) sai por 34€. Você pode usar ilimitado dentro desse período, sabemos.  Mas se fizer as contas, como vai precisar passar mais tempo do que 7 dias, por exemplo 15 dias, precisaria comprar um outro com o mesmo sistema. O que no fim do seu orçamento, sairia 68€, por dois cartões. Comprando um OV-Chipkaart anônimo você vai ter o custo do cartão + as recargas necessárias. Com 30€ você anda e MUITO por aqui. Lembra que falamos que Amsterdam é pequena? Pois é! Você vai acabar usando para grandes distâncias e para isso, este cartão é o melhor custo benefício!

Já falamos que os cartões da GVB são integrados em todo o país, então é uma ótima opção. Ele vale para trams, trens, metrôs e ônibus. Para trams, ônibus e metrô, o valor mínimo no cartão deve ser de 4€. Se você for usar o trem, tem que lembrar que o valor mínimo para ter no cartão é 20€ + o valor do bilhete que você vai comprar. Caso você perca o seu OV-Chipkaart anônimo, é melhor torcer para que não tenham muitos euros por ali, porque ele infelizmente não tem como ser bloqueado. Se perdeu, perdeu! Já era! Mas se você vai embora e ainda restou uma graninha nele, pode pedir o reembolso direto no guichê da GVB na Centraal Station. Se o valor for inferior a 30€, será cobrada uma taxa de 2,50€ e, se for maior que 30€, o procedimento é mais burocrático e demorado.

» Onde eu compro: Em qualquer supermercado Albert Heijn, Centraal Station, Aeroporto, lojas da GVB

» Custo: 7,50€ (sem recarga)

» Forma de pagamento do seu OV-Chipkaart: Cartão de crédito, cartão de débito holandês ou dinheiro

transportes-amsterdamOV-Chipkaart nominal

É um cartão para quem geralmente mora por aqui. Da mesma forma como o anônimo, você pode recarregá-lo sem problema algum. Você pode fazer o seu cadastro no site, colocar todos os seus dados e efetuar o pagamento do cartão. Depois de um tempo, ele vai para a sua casa e você só precisa carregá-lo para ativá-lo. Você pode escolher o trecho que mais lhe convém andar e, assim, fazer o plano mensal do seu cartão. Se um dia usar em algum trecho fora do seu trecho escolhido, você paga a diferença. Se você perder o seu cartão nominal, pode pedir o bloqueio dele e solicitar um novo pela internet.

» Onde eu compro: No site da GVB

» Custo: 7,50€ (sem recarga)

» Forma de pagamento do seu OV-Chipkaart: Cartão de crédito ou cartão de débito holandês.

validação amsterdamMas como funciona o sistema de validação e cobrança?

É mais ou menos assim: você sempre vai pagar proporcional ao trecho que andou – o que é bem justo, por sinal.  Faz um check in na entrada e check out na saída. Independente do tipo de cartão, você sempre precisa validar na entrada e na saída. Para os cartões descartáveis e de tempo determinado, você DEVE lembrar de fazer o check out ao sair do transporte. Se não o fizer, seu cartão deixa de ser válido. Para os cartões anônimos e nominais é diferente.

Para validar é muito simples: basta encostar o seu cartão nos leitores e pronto!

No ônibus: Sempre que você entrar no ônibus, seja pela porta da frente ou pela porta do meio, vai ter um leitor onde você deve encostar o seu cartão. Validou? Sucesso!

validacao-bus- amsterdamNo tram: Quando entrar no tram, valide na mesma hora na maquininha que está logo na porta de entrada. Se você esquecer ou se “fingir” que esqueceu, o cobrador (a) vai ficar chamando a sua atenção pelo microfone até você olhar. Claro que para te dar mais orgulho vergonha, será em holandês. TODO MUNDO fica olhando até você perceber que é com você! Lembrando que não custa nada fazer sempre o certo, né?

validacao-bus

ticket-tram-amsterdamNo metrô: Antes de entrar nas estações, você verá uma cancela com o leitor embutido. Basta encostar o cartão ali e esperar a porta abrir. Pronto, foi validado!

cancela metroNo trem: Antes de entrar nas plataformas, você pode ver sistemas como o do metrô e também totens avulsos. Eles ficam ali bem discretos, magrelos e esguios como os holandeses 🙂 , então preste bem atenção!

totenscancela trem

LEMBRANDO: SEMPRE faça o Check in e o Check out!

Logo acima falamos que o sistema de cobrança funciona proporcionalmente ao trecho que você usar, lembra? Isso as vezes pode confundir um pouquinho quem vem morar aqui ou passar mais tempo. Os turistas que ficam pouco tempo, não participam deste sistema.

Você abasteceu seu OV-Chipkaart (anônimo ou nominal) com 20€. Aí você está no centro da cidade e precisa ir até o Rijksmuseum. Está chovendo e você percebe que é melhor se for de tram. Ok! Você entra no tram e valida o seu cartãozinho. Na máquina, não vai aparecer nada além de uma luz verde te autorizando a entrar e dizendo que seu cartão está válido. Na hora de sair, você precisa revalidar o seu cartão e é nessa hora que você precisa prestar atenção na máquina, pois ela vai indicar do lado esquerdo, quanto você gastou e do lado direito, quanto ainda tem.

validacao bus amsterdamPronto, é esse o valor que você gasta do ponto que você saiu até o ponto que você desceu. Mas digamos que, na correria e euforia, você acabou descendo e não validou o seu cartão. Quando entramos em um transporte público e validamos nosso cartão, é como se ele cobrasse o valor total do cartão e só fosse nos devolver o que não usamos quando validamos para sair. Nesse caso, se você esqueceu de validar quando saiu, a empresa vai entender que você seguiu viagem e vai cobrar um valor alto por isso. Quando for tentar usar novamente, o leitor de cartão vai apitar a primeira vez mostrando uma luzinha vermelha. Esse é o sinal de que você deu baixa no seu trecho. É por isso que sempre precisamos ter o mínimo de 4€ no cartão, pois o valor cobrado foi de um trecho mais longo. Para seguir a viagem é preciso validar novamente seu cartão, tendo agora o indicativo de luzinha verde.

Mas olha, conselho de amigas (e de quem já passou por isso): evitem isso, é mais dor de cabeça e dinheiro posto fora do que qualquer outra coisa!

Ok, mas se eu tiver pouquinha carga no meu cartão e na hora de descer (check out) o valor cobrado for acima do que eu tenho?

Não tem problema, quando você recarregar, esse valor vai ser descontado. Funciona assim: Eu sai da estação de metrô Lelylaan com destino ao centro de Amsterdam, por exemplo. Vamos imaginar que o custo desse trecho sai por 1,87€. Eu estava na correria e não consegui recarregar meu cartão, ele só tinha 1,00€. Não é o certo andar com menos de 4€, lembra que falamos? Mas as vezes a gente está realmente correndo para ir para o trabalho, compromisso ou voltar pra casa. Pode acontecer! Bom, fiz meu check in certinho na hora da entrada (isso vale para metrôs, trams e ônibus). Mas na hora do check out percebi que fiquei com -0,87€ no cartão. Claro, esqueci de recarregar antes de entrar. Calma, sem problema! Quando for fazer o caminho inverso, vou precisar recarregar meu OV-Chipkaart (anônimo ou nominal) e quando eu fizer isso, tenho que levar em conta que, se eu colocar 5€ no meu cartão, quando eu fizer o check out novamente, vai ser descontado o valor do trecho+os 0,87€. Então não precisa se assustar se isso acontecer!

Preciso trocar de transporte, como eu faço?

Se para concluir o seu trajeto você precisar trocar de transporte, tem que observar se utilizará a mesma plataforma ou precisará trocar. Andando de metrô e trem e fazendo a troca para os mesmos, você pode efetuar a troca sem validar novamente seu cartão dentro de 35 minutos. Se for de ônibus para ônibus ou trem/metrô para ônibus, você precisa fazer o check in e check out.

Pronto, agora você já pode se planejar e vir dar um rolê por Amsterdam!

hsk

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!