Curiosidades De Amsterdam a A'dam Dicas Hoje é dia de Holanda Notícia Viagens Zona de Embarque

Na magrela: roubaram minha bike e agora?

roubo bike

A gente sempre escuta aqueles avisos que ficam pairando na nossa cabeça por um tempo mas pensa: “Não vai acontecer comigo!”. É ai que você se engana! Quando escutar um aviso do tipo “cuidado com sua bike, prenda direitinho. Aqui eles roubam mesmo!”. Esteja certo de que a profecia um dia vai se concretizar!

– Aí você vai perguntar: “Conta de uma vez como roubaram a tua bike!!”

– E eu vou te responder: “Ainda (e espero que nunca) roubaram a minha.”. (Mas todo cuidado é pouco e por isso decidimos fazer esse post)

Já as bikes de amigos próximos … E assim começou a saga de entender como esse mercado louco funciona.

O mercado paralelo de bikes

Em Amsterdam, existe um mercado paralelo de venda de bikes. Elas não são novas não, são roubadas mesmo. Esse mercado, por incrível que pareça, é constantemente alimentado. Não sei por quem, nem quero saber. Mas o fato é que os roubos acontecem e nem sempre tem como controlar. A cidade é sim tranquila, mas em um lugar onde você tem mais bicicletas do que moradores (falamos sobre isso no post do maior estacionamento de bicicletas de Amsterdam), não é difícil entender que bikes aqui, são roubadas. Você pode dar mole ou não.

Assim que chegamos, ouvi histórias de todos os tipos. Fui bem avisada de como proceder para comprar uma bike, o que precisava observar, e como deveria prender ela direitinho para que eu eliminasse em ‘muitos porcentos’ as chances de levarem minha filha. Posso dizer que fui bem doutrinada, mas isso não impede que um dia a profecia se realize comigo (çocorro, çai daki).

Relatos e fatos!

Nem precisamos dizer que, aqui, bicicleta é coisa séria. É meio de transporte levado muito a sério. Então, a galera aqui presta atenção no trânsito, respeita os códigos, tem um ritmo frenético para ir para o trabalho, escola, jantar, tempo é vida! 8 minutos pedalando te dão um sorriso a mais no rosto e mais um copo de cerveja com o amigo. De carro ou transporte público, você levaria uns 20 minutos para chegar ao seu destino (isso é só um exemplo, ok?).

Uma amiga chegou aqui para morar e feliz da vida, já foi procurar uma bike toda lindona para sair pedalando por aqui. Encontrou a tão sonhada bike. Branquinha, lindona. Com cestinha, charmosa e novinha. Foi bem feliz com ela por uns dias. Eis que ela precisou ir ao supermercado e prendeu a bike nos ferros destinados a isso. Quando voltou: “Cadê minha bike?”. Vocês podem imaginar a carinha de tristeza e dor dela? Eu posso!  🙁 Cara, roubaram a bike dela em meio a tantas outras!!! Como?

Não sabemos, pois ela fez tudo como manda o figurino. Fechou o travão traseiro, colocou o cadeado na bike e na roda e quando voltou, o cadeado estava arrombado. Sim! Isso acontece. Mais do que rapidamente ele foi avisar a polícia que fez as seguintes perguntas pra ela:

-Você tem o número de registro da sua bike?

-Tem algum detalhe que possamos identificar que ela é sua?

E as respostas foram: Não;

Pois é, nem todo mundo sabe mas, se você compra uma bike novinha, você pode fazer um seguro para ela. As próprias lojas fazem estes seguros, basta que você tenha a nota fiscal. Para fazer o seguro você precisa ter a nota fiscal de compra e o número de registro da bike. Os bancos também fazem seguros. É só perguntar como funciona que eles te ajudam em tudo. Se a sua bike for usada e você não tiver a notinha, não tem problema. Você não tem seguro mas saberá qual o número de registro.

O que é o número de registro e para que serve?

Bem, o número de registro serve para poder identificar a sua bike. Caso ela seja roubada, você vai fazer um BO e anexar o número ao documento. Isso não garante que a polícia vai achar a sua bike, mas se ela achar, você terá ela de volta. Também ajuda para saber se a sua bike é roubada. As vezes a gente pode entrar em um negócio sem saber ao certo a origem da bike. Assim que você encontrar a bike que mais se encaixa com o seu desejo, você olha o número de registro dela e vai até esse site aqui (sim, o site é em Dutch). Coloca o número ali e descobre se ela é ou não roubada 🙂
Legal, né?!

Você pode reportar o roubo da sua bike em um posto policial e lá, isso pode ser feito em inglês, mas se você manjar dos paranauê Dutch, se atira nesse site aqui. On line é só em holandês. Eu não quero de modo algum te desanimar mas é bom saber de um dado bem importante. Segundo o site da prefeitura, apenas 7% das bikes são recuperadas e voltam para seus donos.

Mas vamos seguir com mais uma experiência em terras águas “Amsterdanenses”. Outra amiga foi ao supermercado e quando voltou, cadê a bike? Ela trancou o pneu traseiro com o travão e prendeu o quadro da bike no ferro. Uma bike mega pesada, lindona, com cestinha rosa, novinha!! Um amor!! E agora, como ela vai levar a cachorrinha para pegar um vento gostoso no rosto? Aconteceu mais uma vez! :/

Não temos a mínima ideia de como levaram a bike dela. Imaginamos que tenha sido de carro (afinal ela era super pesada), imaginamos que os ladrões tenham uma chave mestra para abrir o cadeado da corrente (porque sim, a corrente era daqueles que tu nunca pensa que será arrombado). Só pode. A bike desapareceu como em um passe de mágica!

Mas então, como se prende a bike? Como se faz isso?

As respostas estão reunidas aqui nesse vídeo. Super dicas!

É importante você observar bem direitinho as dicas do vídeo. Aqui, também é prática comum o roubo de pneus. Frontais e traseiros. As vezes você se preocupa tanto em prender a bike e esquece do seu amigo que efetivamente te leva para rodar por ai: o pneu! Ai, gente…tadinho dele! Cuidem dele!! HAHAHA
É sério. Tem que prender ele direitinho para dificultar bastante a vida dos ladrões.

Você não deve!

  • Investir em um cadeado baratinho, ele vai ser alvo muito fácil de roubo. Dá uma olhadinha:

cadeado roubo

  • Deixar a sua bike SOZINHA dando sopa sem estar presa em um lugar próprio. Apesar de a grande maioria ter o travão de trás, o que dificulta sair andando com a bike, os caras podem simplesmente pegar e colocar em um carro e tchau…vai saber! Se precisar deixar assim, desejo que você esteja em grupo. Com mais de uma dificulta bem mais.

cadeado roubo 2

Pode ser bike nova, bike velha, bike de criança, bike de mamãe (aquelas que tem a caixinha na frente), não importa o tipo. Se bobeu, dançou e ai … volta para casa a pé e trata de achar outra bike logo, porque sim, Holanda é sinônimo de bicicleta!

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!