Curiosidades Dicas Hoje é dia de Viagens

10 coisas para conhecer em Ischia, na Itália

ilha de ischia

Se temos um consenso aqui, ele é: você precisa conhecer Ischia. Na verdade, você já conhece um pouco, porque leu o nosso post sobre a Ilha das águas termais. Se leu, gostou da história desta queridinha das águas termais e ficou super afim de conhecer, você precisa saber as 10 coisas para conhecer em Ischia.

A Ilha é grande e possui 6 comunes. Para aproveitar ao máximo o que Ischia nos oferece, nós fizemos um top 10 para você. Tem de tudo: praias, história, monumentos, lembrancinhas, comidinhas… Vem dar uma olhada!

1- Castelo Aragonese (Ischia Ponte)

castelo aragonesiDono de uma beleza imponente e rústica, o castelo Aragonese é daqueles pontos que você DEVE conhecer. A ilha em que o Castelo foi construída nasceu de uma erupção que ocorreu 300 mil anos atrás, atingindo uma altura de 113 metros acima do nível do mar e cobrindo uma área de 56.000 m². Geologicamente falando (#EspecialistasDoGoogle), temos uma bolha magma que se consolidou no curso de fenômenos eruptivos (não esquece disso). É por isso que em alguns pontos ao redor do castelo é possível encontrar águas quentinhas. O castelo já passou por domínio romano, germânico, hispânico e hoje já não tem mais a função de fortificação e cidade, como no passado. A história dessa edificação vai muito mais além das paredes, pedras, túneis e do mar que o cerca. Lá no Século IV a.C, Ischia era conhecida apenas pelo castelo, pois não havia habitação na terra que envolvia a ilha. Com o passar do tempo, os habitantes foram aumentando e o domínio da Ilha foi se alterando de acordo com as navegações, guerras, acordos, enfim… História! Foi apenas no ano de 1700 d.C. que o Castelo abriu as portas para que alguns dos seus habitantes pudessem ir fixando moradia na Ilha e aos poucos foi perdendo o status de fortificação.

castelo aragonesi 2Em 1860, o Castelo Aragonese (que ganhou esse nome pelo rei Aragon) foi categorizado como monumento nacional e, em 1890, o Castelo passou para as mãos do Estado. Em 1913, o Castelo passou a ser propriedade privada. Chegamos ao ano de 2017 e, hoje, dentro do castelo, podemos encontrar um hotel, partes abertas a visitação (o valor da entrada é de 10€) e também o famoso Ischia Film Festival.

ischia ponteO Castelo está ligado a Ilha de Ischia por uma ponte de 220m (mais conhecido como Ischia Ponte). O lugar perfeito para os locais tomarem aquele banho de mar. Sabem por quê? A ponte acaba protegendo os banhistas do vento e dependendo da orientação desse querido amigo (que gela a alma muitas vezes), o seu banho de mar estará TOTALMENTE protegido pela ponte. Nada como ter amigos locais, beibe. 😉

2- Termas de Sorgeto (Baia di Sorgeto)

sorgetoSorgeto é um lugarzinho MUITO especial na Ilha. Com origem vulcânica (como já falamos no post de Ischia) a herança que ficou foram as águas quentinhas: as termas. Existem muitos parques termais na Ilha construídos pelo homem, mas se você quer um acesso especial ao que a mãe natureza nos deu e TOTALMENTE DE GRÁTIS, precisa conhecer a Baia de Sorgeto. A água quente e nascentes de água mineral, sauna e vapores terapêuticos deixam Sorgeto mais do que linda. É um verdadeiro spa ao ar livre. Acessível por barco ou a pé através de um lance de escadas íngremes que passam pelo interior da aldeia de Panza, Sorgeto é a mistura das águas geladas do mar Tirreno e das águas de origem vulcânica .

sorgeto2Mas é bom não abusar, as rochas e as pedras são MUITO quentes, então observe bem os avisos que estão espalhados pelo lugar. Ah! Não se assuste se você encontrar alguém cozinhando um ovinho maroto por lá, batatas ou frutos do mar, é assim que os locais fazem e é assim que é! Quer uma #dicamaracujaroxo? Aproveite Sorgeto durante o dia e programe ao menos uma noite para passar dentro das águas quentinhas e observar o céu LINDO que esse pedacinho da natureza te dá. Ai, ai!!

3- Praia de Fumarole (La Fumarola)

fumaroleBem pertinho de Sant’Angelo e dos spas de águas termais, fica um pequeno trecho de areia, o La Fumarola, que fica na extensão da praia de Maronti. A areia é muito quente e acontece devido a um fenômeno muito interessante relacionado à atividade vulcânica na ilha de Ischia. Nesta área, a areia atinge 100°C (é QUENTEEEEEEEEE). Desde os tempos romanos, a areia quente foi usada para curar as doenças do corpo, através do chamado “jateamento”, hoje mais conhecido como banhos de argila . O calor da areia também tem sido usado para as necessidades alimentares. Se você quer uma refeição especial, vale a pena experimentar as comidinhas que são preparadas na areias de Fumarole. O frango é assado (envolto a papel alumínio e paninhos) embaixo da areia, assim como os outros alimentos. Tudo fica em uma temperatura de 100ºC sob a areia, depois de pouco mais de uma hora tudo está pronto.

4- Sant’Angelo (ilha)

sant'angeloSant’Angelo é um dos points bem famosinhos da Ilha. Primeiro porque é linda, segundo porque tem as famosas termas que você deve ter visto no Globo Repórter (e que já falamos acima) e terceiro porque nossa querida Angela Merkel passa suas férias aqui. Sobre esse assunto temos uma curiosidade que arranca risadas dos locais e de quem escuta (óbvio que da gente também 😛 ). Como as águas termais são conhecidas por terem um impacto muito positivo no corpo humano, toda a vez que acontece alguma coisa com a Kel (vamos chamá-la assim) ela vem “se tratar” aqui (alguns dizem que braços ou pés quebrados já foram muitas vezes tratados aqui).

santangelo praiaPois é, mas para além disso, você precisa saber que, Sant’Angelo é uma vila de pescadores (toda a ilha é né nom), mas aqui a pesca fica muito evidenciada. A vila de pescadores está ligada ao mar através de uma ponte que leva até uma pequena península que se chama torre de Sant’Angelo. A vila de pescadores hoje se confunde com grandes hotéis e muitas casas de luxo que dão o status de pequena Capri. Em Sant’Angelo a circulação de meios de transporte fica proibida para a preservação do silêncio. Se você quer dar um passeio de havaianas e short e se sentir ryca, passa aqui (nem precisa gastar nada). NINGUÉM da bola para o que você está vestindo ou mesmo para você. Além disso, temos CERTEZA que você vai encher o seu feed do instagram de lindas imagens. Sant’Angelo é linda!

5- Miradouros da ilha

miradouros ilhaVocê curte aquela paisagem de filme? Então fica fácil de registrar e apreciar esses momentos nos vários miradouros espalhados pela Ilha. Pega o mapinha na central de informações e estação de ônibus, e circula todos os miradouros. Depois disso, é só subir no ônibus e fazer os passeios. Você não vai se arrepender. É tudo tão bonito e cada miradouro te oferece uma vista única.

6- Monte Epomeo

monte epomeoÉ a montanha mais alta da Ilha de Ischia, tem  789m. O nome vem do grego Epomeo epopeu (Latin Epomeus) “olhar ao redor.” O monte Epomeo foi a área vulcânica que mais tinha atividade na ilha. Era muito temido na época dos romanos e até o último fenômeno vulcânico acontecer em 1301. Seu cume pode ser alcançado por uma caminhada cheia de belezas naturais e vistas inacreditáveis. No topo do Epomeo, podemos ver uma enorme pedra de tufo verde em que são esculpidas as instalações da antiga capela da igreja dedicada a S. Nicola de Bari. O acesso é feito pelo vilarejo de Fontana e a caminhada dura cerca de 1h.

capela epomeo

7- Igreja de Soccorso

sccorsoUm pontinho ao Sul do comune de Forio. A Igreja de Soccorso fica estrategicamente posicionada para que tenhamos uma vista LINDA do mar e do sol se pondo. Em conjunto com a torre, o símbolo da cidade de Forio é um dos vestígios arquitetônicos da Ilha que se mantém originais. Está rodeada em três lados pelo mar. A igreja é conhecida em todo o mundo não só pela sua localização, mas acima de tudo pela sua fachada singular. O estilo é inconfundível: a igreja, mesmo na simplicidade elegante, resume o estilo grecobizantino e mourisco.

soccorso forioFicar ali, apreciando a edificação ou mesmo circular a igreja para observar as gaivotas dançando no céu ao som das ondas que batem nas pedras é algo que você precisa fazer quando vier a Ilha de Ischia.

8- Centro (Ischia Porto)

centro ischia portoO mais conhecido centrinho da Ilha e mais comercial, como dizem os locais,  reúne várias atividades legais mas principalmente MUITOS Rucolinos e Limoncellos para você comprar e provar. Ischia Porto reúne uma grande quantidade de barquinhos e barcões que embelezam o ponto de chegada da Ilha.

ischia portoO centrinho é uma ótima opção para dar aquela passeadinha marota, comprar uma lembrancinha, além de apreciar a arquitetura da Ilha. Vale muito a pena se perder nas lojinhas de cerâmicas tradicionais da Ilha e nos inúmeros cheirinhos delícia dos sabonetes artesanais feitos com limão, lavanda, e outras flores.

9- Centro (Forio Porto)

centro forioQuer dar aquele passeio maroto durante a noite, comer alguma coisinha gostosa ou levar uma lembrancinha da Ilha de Ischia? O centrinho de Forio é uma delicinha. Forio é o segundo maior comune dentro da Ilha (explicamos sobre a estrutura da ilha no post sobre Ischia). O centro de Forio é o único que tem preservado a sua cidade velha, com ruas estreitas, igrejas, torres e monumentos inalteradas em sua estrutura. Se Ischia é o centro comercial da ilha, Forio é provavelmente o cultural. Na década de 50, era um lugar de encontro internacional de personalidades do show business como Liz Taylor e Richard Burton), da cultura Pablo Neruda e muitos outros. “Népouca” coisa não amiguinhos! AH! Não esquece de conferir mais fotos de Forio no nosso instagram @maracujaroxo!

10- Aquedotto

aquedutoUma construção que para muitos pode passar batido, o Aqueduto Romano tem uma importância significativa na Ilha de Ischia. O aqueduto foi construído no final do século XVI, uma vez que o Município de Ischia não tinha água potável, porque o mar tinha inundado a fonte de Cartaromana (que fornecia água). O aquedotto é constituído por duas ordens de arcos sobrepostos. As pedras-pomes utilizados foram retirados de cavernas vulcânicas Arso, produzida pela erupção do 18 Janeiro 1301.

Depois desse passeio pelos top 10 você precisa arrumar a mala/mochila e partir pra Ischia!
Bóra curtir as férias de verão?!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!