Curiosidades De Amsterdam a A'dam Dicas Hoje é dia de Holanda Viagens Zona de Embarque

Madurodam: a mini Holanda dentro da Holanda

madurodam capa

Holanda e seus infinitos atributos (turísticos ou não)…. Inevitável que o primeiro pensamento, quando se trata de cidades para conhecer na Holanda, seja Amsterdam. Mas, caros leitores, temos mais. Muito mais do que Amsterdam (sem desmerecer nadinha nossa amada). Você já pensou em conhecer uma “mini Holanda dentro da Holanda”? Não?! Mas então tá na hora. Vem para Madurodam!

Na cidade de Den Haag/The Hague/Haia (holandês / inglês / português) existe um parque que dá asas a sua imaginação: o Madurodam. Cheio de história e de edificações “mini”, dá vontade de morar lá! HAHAHAHA. Prepara a bike pipoca e um caderninho para anotar as dicas e bora conhecer Madurodam!

Madurodam? Conta mais…

É um parque temático que conta um pouco da história da Holanda através de edificações em miniatura. A reprodução é exatamente idêntica a dos prédios. Todo o parque foi pensado para ser construído em uma escala de 1:25. O bonde da arquitetura, urbanismo, engenharia e mais uma trupe, pira!! Né nón?! O parque te mostra um pouquinho da Holanda desde os tempos do “guaraná com rolha” e mais um pouco, sabe? Madurodam foi construída em 1952 com dinheiro doado pela família Maduro em homenagem ao seu filho George Maduro, que faleceu lutando contra a ocupação nazista dos Países Baixos. Além disso, o parque ajuda fazendo doações para instituições de caridade. Você sabia que Madurodam tem uma prefeitura? Eu fiquei de boca aberta (não vale o trocadilho e dizer que já sou, hein…humpf!!). Então, a prefeitura é composta por alunos das escolas secundárias de Haia. O prefeito de Madurodam é o prefeito mais jovem de toda a Holanda! Quer saber mais, clica aqui.

madurodam A vegetação do parque, especialmente árvores pequenas e os arbustos, são mantidos a um máximo de 60 centímetros de altura. Tem até pêra!!!

madurodam1É um parque para a família inteira. Tem adulto, criança, vovó, vovô, cachorro, periquito e gaivotas (essas estão em todos os cantos!). Se você quer conhecer um pouco mais da Holanda, eu diria com MUITA certeza: vá conhecer Madurodam! Vários pontos turísticos reunidos em um só lugar. É incrível como a gente fica enlouquecido assim que entra. É muito detalhe, muita informação e muita gente também (ainda mais se tiver um rico dia de sol). Mas para ajudar um pouco, o parque foi dividido em 3 áreas temáticas que facilitam bastante o seu passeio:  StedenRijk, WaterRijk e VindingRijk.

StedenRijk: Aqui tem patrimônio, tradição e cultura preservados.

Essa parte do parque está representada pelas construções antigas das cidades da Holanda, pela arquitetura das réplicas idênticas aos prédios. É nessa parte que se concentram os castelos, as igrejas, cidades como Haia e Amsterdam, por exemplo. É tanta delicadeza que a gente se rende as miniaturas.

madurodam 10madurodam 6Se você não teve a oportunidade de vir para a Holanda no dia do Rei, aqui você vai encontrar um pouquinho de como ficam as cidades: laranjinhas!!

madurodam8Essa é a Dom Tower que fica em Utrecht. A torre tem 112m de altura e é a torre mais alta da Holanda. Mas você também pode encontrar o National Monument que fica na Dam Square, o monumento foi construido em 1956 para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial. Todo ano, no dia 4 de Maio, o então Rei Willem Alexander coloca uma coroa de flores no monumento em homenagem ao ocorrido.madurodam 11Mas também tem o Rijksmuseum, aqui em Amsterdam. Inevitável que ele estivesse por lá, afinal o prédio é do ano de 1885 e tem as mais importantes coleções de pintura do século XV e XIX. Se você der uma espiadinha de cima, ainda consegue enxergar a obra Nightwatch, do Rembrandt.madurodam 12

WaterRijk: Nem a água nos domina!

Essa parte do parque representa a “Holanda como fonte de inspiração para o mundo” com a arquitetura moderna dos prédios, inovações, esportes, entretenimento e design. Essa parte também gira em torno do conceito da “água como amiga e inimiga”.

madurodam3Você pode brincar com seus amigos e fechar as comportas para que a Holanda não afunde, assim você aprende como funcionam os sistemas para que a água não invada o país. É show de bola, vimos várias crianças tentando e… não conseguindo, HAHAHAHAHAH, coooorrree que tá inundando!!!

madurodam 14Se você observar logo na entrada do parque, vai ver um menino tentando tapar um furinho por onde sai água. Esse menino se chamava Hans Brinker. A história dele foi contada em um livro escrito por Mary Mapes Dodge, escritora americana, e publicado no ano de 1865. O livro conta a história de um menino que salvou o país de uma inundação, porque com seu dedo, tapou um furinho das paredes do dique. Talvez você já tenha lido essa história, mas o nome do menino, no livro que você leu, era Peter. Bom, caso não tenha lido, clica aqui e dá uma conferida no livrinho 🙂madurodam 5Quer uma lembrança exclusiva e em miniatura? Se você entrar na Fantasitron, pode sair de lá com uma miniatura sua em 3D. Claro, tem um custo, mas para quem curte e se amarra em miniaturas #alôalôchatadegalocha (Lu, Madurodam é o teu mundo, HAHAHA), super vale a lembrança. Quer saber mais infos, clica aqui.madurodam 13

VindingRijk: Aqui a gente se diverte nos parques, no “tuntitunti” e mostra pro mundo quem somos!

Essa é a parte dedicada as inovações, concentrada nos grandes êxitos holandeses e eles adoram mostrar eles 😀 Podemos ver como eles valorizam os esportes, a música, diversão, entre outras atrações. Sabe o que foi mais legal dentro do campo? Ver as meninas do time da Holanda ali, bem representadas. Como estamos em época da Eurocopa feminina, elas precisavam estar ali!! Muito legal!! Pena que esqueci de dar o Zoom (desculpa eu?)

madurodam 14Falando em música, os pequenos mostram que, desde cedo, a música eletrônica já está na vida deles. Podem brincar de serem DJ’s por uns minutos.madurodam 15Lógico que a gente não podia deixar de falar de New Amsterdam. Dentro de Madurodam, você vai encontrar um espaço dedicado as conquistas navais dos holandeses e uma delas está diretamente ligada a Nova Iorque. Você sabia que Nova Iorque foi fundada pelos holandeses? Não? Pois é, foi sim e se chamava New Amsterdam. Mas isso é história para um outro momento. Aliás, se você quer saber um pouco mais sobre Nova Iorque e ainda não viu o nosso post sobre a Martha Sachser, você definitivamente precisa ler.

Tá, belezinha. Propaganda feita (muito bem feito, por sinal 😛 ). Mas… onde fica o Madurodam?

O parque fica na cidade de Haia (The Hague – en ou Den Haage – nl) no bairro de Scheveningen. Entre o centro da cidade e a praia de Scheveningen.

 

Para chegar lá é muito fácil. Não tem erro! Vamos te dar as dicas saindo direto da Centraal Sation mas, se você já morar por aqui, é só sair da estação mais próxima da sua casa (nesse caso o valor vai mudar um pouquinho).

  • Trem: Saindo da Centraal Station você vai pegar o trem para Den Hage-Madurodam. Comprando assim, você não precisará comprar mais nenhum bilhete. Quando chegar na estação, você terá um bilhete único que será usado no tram assim que você chegar em Haia. Comprando ida e volta (sem marcação de hora apenas dia), você paga 13,31€ (11,70€ do trem 1,61€ do tram). Assim que chegar em Haia, você desce do trem e sai da estação. Bem na porta da frente da estação, você vai pegar o tram 9, que vai te deixar praticamente na frente (lado) de Madurodam. Não precisa ficar preocupado em não saber os nomes ou se perder, tanto o trem quanto o tram tem painéis informativos dentro e você vai saber certinho a sua hora de descer. Não esquece do check-in e do chek-out (falamos mais isso no post sobre o transporte público em Amsterdam)
  • Trem com OV-Chipkaart: Se você já mora em Amsterdam, pode sair de qualquer estação de trem. Se já tiver o seu OV-Chipkaart (nominal ou anônimo) carregado, basta validar no totem e pronto! O trajeto com o OV-Chipkaart até Haia vai depender de onde você sair. Saimos de Lelylaan e daqui para Haia ficou 6,20€. Quando chegar em Haia, usa o seu OV-Chipkaart para andar no tram. O trajeto da Estação Central de Haia para Madurodam sai por 1,30€. Não esquece do check in e do check out, hein! Ai, ai, ai!!
  • Uber: Se preferir, pode ir de Uber. Junta a galera e divide a corrida. Os valores ficam entre 63€-85€ no Uber X, 109€-144€ no Uber Black e 118€-157€ no UberVan.
  • Transfer: Você tem o serviço de transfers que ficam disponíveis no aeroporto e também outras alternativas via grupos de Facebook. Clica aqui e dá uma olhada no post que fizemos sobre isso.
  • Aluguel de carro: Se optar em alugar um carro pois já vai conhecer mais cidades próximas, seu aluguel pode variar bastante mas a média fica por 55€. Clicando aqui, você pode dar uma conferida nos valores dos aluguéis para um final de semana ou diária.

O Parque funciona todos os dias?

Sim, todos os dias! De segunda-feira à Domingo (até setembro) das 9h às 20h. Vai vir depois de Setembro? Confere no site os horários. Claro que, se estiver chovendo, o seu passeio pode ficar um pouco molhado (que ridículo isso, “çocorro”). Mas o que é a Holanda sem água, né nom?! HAHAHAHAH. Brincadeiras à parte, é interessante que você se planeje para ir em um dia sem chuva. A gente sabe que é bem difícil entender o clima holandês, mas não custa nada ficar de olho em 14532899 aplicativos. Dois deles podem acertar! 😛

E quantos dinheirinhos custa? Dá para usar o Museumkaart?

Ó, caro padawan, infelizmente o parque não está dentro da extensa grade de participantes do Museumkaart. Mas não fica triste não, o ingresso pode não ser o mais baratinho dos ingressos do mundo mas vale muito a pena! AduItos pagam 17,50€, crianças de 0 à 3 anos não pagam, ingresso família + amigo (3+1) 70€ e combo Madurodam+Sea Life 34,25€.

#DicaMaracujaRoxo: Se você comprar antecipadamente pelo site, tem um desconto de 3€ no ticket simples e de muito mais nos outros pacotes. Ou seja, seu ingresso sai por 14,50€. Você não precisa imprimir o seu ingresso e pode deixar ele no celular mesmo. Caso você procure outro tipo de desconto, você tem uma outra opção que é comprar um ingresso combo Discoverholland que te permite: ida e volta (de qualquer estação da Holanda para Madurodam) + ingresso + translado de tram (ida e volta). Esse combo sai por 29€. Você precisa imprimir os cartões e pode comprar aqui.

Curtiu? Certeza que sim! Programa a ida para o Madurodam e compartilha a sua experiência com a gente!

Você também pode gostar

Sem comentários

Não tem Facebook? Comente por aqui!